13 março 2015

No passado...

























A produção de vinho cresceu exponencialmente durante o Império Romano, e o consumo foi
difundido socialmente nos povos da Grécia Antiga e do Egito. Os arqueólogos acreditam que a história possa ter iniciado no período pré-histórico, com uma espécie de hominídeo anterior ao homo-sapiens, chamada Cro-Magnon, que habitou o planeta há 40 mil anos. Mas os primeiros registros só acontecem com o surgimento da escrita. Logo, os principais autores gregos passam a mostrar o seu fascinio por esta bebida dos deuses, termo utilizado pela primeira vez por Homero em sua obra Ilíada. O primeiro registro escrito na humanidade, intitulado Gilgamesh, também faz referência ao vinho, que seria capaz de gerar a imortalidade para quem o degustasse.

Fonte: Clube dos Vinhos






   

Nenhum comentário:

Postar um comentário