28 julho 2016

Hotéis do Mundo: Pousada e Vinícola Don Giovanni em Bento Gonçalves

Tudo começou quando eu fiz uma matéria para a TV lá na Pousada e Vinícola Don Giovanni, na Serra Gaúcha. Foi tipo amor à primeira vista. Sério mesmo! Meses depois eu voltei para outra matéria, acreditem! O lugar é tão maravilhoso que serve de cenário, inspiração e é repleto de informações boas para quem é apaixonado pelo mundo do vinho. Aliás, quer me assistir na matéria da época?! Entra aqui (não repara a qualidade do vídeo, é de 2010).

Mas vamos ao que realmente interessa: a pousada! Depois de fazer duas matérias - inclusive uma de rede nacional - e ficar encantada pelo local, eu decidi que deveria me hospedar.


Era inverno e não havia uvas nos parreirais. O que não diminuiu em nada a beleza do lugar. Pegamos o carro (nós ainda morávamos em Porto Alegre) e subimos a serra rumo ao distrito de Pinto Bandeira, em Bento Gonçalves. A estrada que leva até lá é super tranquila e quando chegamos nos "caminhos de pedra" ficamos boquiabertos com a beleza da região.

O verde vivo, o cheio de fogão a lenha, o ar serrano. Ah ,que beleza! Ao chegarmos na pousada, fomos super bem recebidos e ficamos na casa principal. Aliás, a pousada é bem reservada, o que já é um diferencial para quem busca sossego ou quer namorar.

São poucos quartos, e todos com uma ótima estrutura (principalmente para os dias frios da serra gaúcha). Além disso, o café da manhã em uma mesa integrada foi incrível para conhecer novas pessoas. E o melhor de tudo foi caminhar pela propriedade e vislumbrar como a natureza é linda.


Por onde andávamos, o ar puro abraçava nossos pulmões, e ficar na área da pousada já é um passeio e tanto. Encontramos flores e frutos pelo caminho. Ouvimos os pássaros. Os pequenos instantes de felicidade compartilhada nos levaram para uma outra dimensão.

A beleza da flor de cerejeira no nosso caminho


Mas calma que não pára por aí. A pousada, antes de mais nada, é uma vinícola! Sim... E lá é possível degustar os mais variados vinhos, espumantes e destilados produzidos com o selo Don Giovanni, que ganhou prêmios internacionais e, sim, tem bebidas MARAVILHOSAS! 

Os meus favoritos foram: os vinhos tintos Cabernet e Merlot, o espumante Stravaganzza (pra mim, um dos melhores do Brasil) e o Brandy (até hoje sonho com ele). Passamos dias literalmente entre taças e garrafas e conhecendo um pouco mais do universo da vitivinicultura.

A pousada também faz jantares harmonizados com o vinho da época: lembro que nosso prato foi um risoto maravilhoso que combinou perfeitamente com o vinho escolhido. 

Na região também tem outras opções gastronômicas, como a incriveland casa de pedra, ou melhor: Restaurante Nona Ludia, com uma comida típica dos imigrantes italianos. Ai, que saudade de uma polenta frita!!! :) 

A construção é de 1880 e a comida deliciosa. Vale conhecer!
Mas quem não gosta do frio, pode ir no verão, a Pousada Don Giovanni oferece uma piscina deliciosa, e os meses de janeiro e fevereiro são dedicados a Vindima, ou seja, a colheita da uva. É um lindeza de ver!

Piscina para o verão e muito suco de uva para quem não curte álcool.
Com absoluta certeza de quem já ficou em pousadas e hotéis variados, essa foi uma das melhores hospedagens que já tive. Além do prazer de estar na serra gaúcha tudo é encantador. Até poderia ser um conto de fadas, mas não é, porque ter essa experiência é a pura realidade e guardar na memória e coração os bons momentos da vida. 

Aliás, alguém me teletransporta para lá, agora já! 

Beijos


VINÍCOLA E POUSADA DON GIOVANNI
VRS 805 – Linha Amadeu (28), km 12, Pinto Bandeira

25 julho 2016

Moda: aposte no paetê para o dia a dia

Se tem uma coisa que eu amo no mundo da moda são os brilhos! Simmmmm! Desde pequena sou apaixonada por paetês, lantejoulas e purpurinas! E sempre que eu podia, eu usava algum detalhe brilhoso em festas ou ocasiões especiais.


Mas de lá pra cá, o mundo deu voltas e a semana de moda de Londres já mostrou que os looks para 2017 vão ter muito brilho. Essa primeira foto é do desfile da marca Dolce&Gabbana. E o melhor detalhe nisso tudo é que agora os brilhos podem aparecer em composições diárias. Isso mesmo!


Vale combinar com calça jeans, t-shirt, tênis e até moletons. Um jeito super cool de deixar o estilo casual mais glamouroso, hein?!



E os brilhos invadiram várias peças do guarda-roupa: são vestidos, jaquetas, saias e até calças. Quem é mais discreta, pode apostar em pequenos detalhes como golas ou mangas bordadas com os paetês.


 Eu tenho um casaquinho, super lindo cheio de lantejoulas, que - adivinhem?! Era da época da faculdade! E como eu não sou boba, já voltei a usar! Olha aí...

 
 Vocês ainda têm dúvida que a ordem é brilhar?! 

Beijos,

24 julho 2016

Temperos que curam: Manjericão



É popularmente utilizado para melhorar a digestão das gorduras, eliminar os gases intestinais, auxiliar nas dores reumáticas e nos problemas respiratórios. O consumo da erva auxilia no alívio dos incômodos decorrentes da azia e má digestão.

22 julho 2016

Otimismo em tempos de crise



Não tá fácil pra ninguém. Empresários, funcionários, empreendedores: todos estão na luta para manter os negócios, garantir emprego e renda e, claro, ver os sonhos se tornarem realidade. Mas um ano com uma baita crise política e econômica - que mais divide as pessoas do que soma - não parece ser dos melhores, certo?! Errado: é nessas horas que precisamos ter otimismo!

Calma, não tô falando daquele otimismo bobo, de uma alegria infantil, que é alheio à nossa realidade. Mas vocês me dizem: "Ah, pára, Priscilla. Estamos em meio ao caos, instabilidade financeira, corrupção, refugiados, problemas climáticos, desemprego, etc". Tá, eu sei que temos essa avalanche de fatos preocupantes e notícias escabrosas, mas calma: deixa eu falar o que penso...

É preciso voltar a nossa mente e as nossas emoções para o resgate das coisas boas, e é aí que entra o otimismo. A sociedade precisa encontrar caminhos para aliviar essa demanda estressante, seja através do conforto físico, do alívio emocional ou da espiritualidade. A tecnologia deixou o mundo mais rápido, as informações são disseminadas com velocidade, o consumo é imediato. A vida através das postagens é  instantânea e divertida, mas o exagero cria egocentrismo, isolamento e solidão. O jeito é fugir, se desligar do virtual, e se conectar no natural.

Essa corrente já começou, e em várias frentes: seja na alimentação não-industrializada, nos produtos feitos a mão, nos coletivos de vendas, na comida orgânica, até nos tratamentos de beleza, que prometem cuidar não só do corpo mas também da mente, constituindo terapias mais completas. Trata-se de uma maneira de ver a nossa existência como algo coletivo, natural, onde todos estão conectados - não apenas com computadores - mas em sintonia com as outras pessoas, o planeta e até o Cosmos. Ligações mais verdadeiras do que apenas "likes" ou seguidores em redes sociais.

E o otimismo, ele vai ser a mola condutora para esse salto, esse avanço, essa evolução da gente parar de só pensar no nosso umbigo e ver o coletivo como uma nova visão de futuro. 

Beijos!

Tem vídeo no canal! Vem assistir!

14 julho 2016

Dica cultural: Gilberto Gil - o musical


Calma que não é mais um daqueles musicais biográficos! Pelo contrário, eu até fiquei um pouco confusa no começo da peça, fui sem saber e fui pega de surpresa! Uma grata surpresa!

O Musical "Gilberto Gil - Aquele Abraço", conta a história do artista a partir das suas obras. São mais de 50 músicas que narram a história de Gil através da história do Brasil. Em cena, oito atores e músicos: Alan Rocha, Cristiano Gualda, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar, Luiz Nicolau, Pedro Lima e Rodrigo Lima - que se reúnem novamente (eles fizeram o musical "Samba Futebol Clube") para relembrar a poesia, beleza e engajamento das canções de Gil, ao longo de 11 blocos distintos.

A capacidade técnica de atuação e a musicalidade dos atores é de tirar o fôlego, eles são completos, completíssimos! Além, é claro, de toda a liberdade criativa da trama. Em cena, eles se revezam, tocam diferentes instrumentos, dançam, cantam e trazem à tona toda a musicalidade de Gilberto Gil ao longo dos seus 50 anos de carreira. Em alguns momentos ficamos tensos, chocados, emocionados. Revelo que chorei em algumas partes lindas do musical. Mas nada de deprê gente, é chorar pela beleza da coisa, entende? E boas gargalhadas são dadas quando eles relembram os "trejeitos baianos" do músico.


Mas a vontade de subir no palco e dançar com aquela turma é contagiante, no teatro vemos jovens e idosas cantando e sacolejando o corpo ao som das musicas de Gil.

O musical  fica mais um mês em cartaz aqui no Rio de Janeiro, até dia 14 de agosto, no Teatro Clara Nunes, no Shopping da Gávea! Olhem aí o ensaio que coisa linda...

12 julho 2016

É tempo da economia de rua


O movimento já começou: a coletivização está mudando até a ocupação das cidades. Afinal, temos uma concentração cada vez maior da população nas metrópoles e o desejo de ter uma melhor qualidade de vida está aumentando nas pessoas.

A tendência é simples e contraria o que aconteceu no passado recente: as pessoas querem buscar lazer e compras nas ruas. Isso mesmo! Queremos escolher nossos legumes na feira, degustar o chope artesanal feito por um amigo enquanto o sol se põe ou simplesmente percorrer barraquinhas de artistas e artesãos e ver que as mãos são capazes de criar belezas!

Uma grande onda de interesse e desejo pelos espaços públicos e abertos está tomando conta de várias cidades pelo mundo. E o bom nisso tudo é que gera maior interação entre o local, os consumidores e os produtores. É o chamado compre de quem faz, uma maneira de trazer os produtos sem intermediários.

As feiras livres, os food trucks, as festas de rua. Estes são sinais de um movimento que tende a aumentar. Além disso, é possível aliar essa nova maneira de consumo com a criação de produtos e realização de eventos em colaboração. Uma pessoa ajudando a outra. Ó que lindo, minha gente! :)

Os consumidores gostam de conhecer quem produz e querem investir no natural e artesanal. Claramente falando a economia de rua nada mais é do que consumo consciente, uso responsável de recursos, sustentabilidade e comércio justo. Atitudes que vieram para ficar e quem apostar nisso vai sair ganhando.

Até a próxima!

Beijos,


07 julho 2016

Editorial do mês: festa infantil inspirada na Galinha d´Angola

Meus amigos Lúcia e Fernando são super criativos e decidiram fazer a festa de aniversário de um ano da filha, a pequena Malu, num tema totalmente diferente e original.


A história é a seguinte: a fofíssima baby adora uma Galinha-D'Angola que a família tem na cozinha de casa. Entre as primeiras palavras da pequena está a expressão "Cocó",  referindo-se diretamente ao adereço decorativo que represa a ave.

A admiração da Malu pela cocó é tanta que serviu de inspiração para o tema da festa de aniversário da menina.


E eu adorei ajudar a família nessa empreitada cheia de bossa e amor, e decidi dividir com vocês alguns detalhes dessa festa.

As cores escolhidas foram o preto, branco e laranja e claro muito petit poá que remete as penas da ave.

A mãe da aniversariante preparou bandeirinhas, garrafinhas e lembrancinhas com ovos de verdade, pintados a mão e recheados com M&M's.


Eu cuidei da ambientação visual, criando toppers e food flags para colocar nos brigadeiros.


A mesa ficou puro charme e os convidados se encantaram com a proposta totalmente inovadora da família. Aliás, a baby também estava com um vestido de bolinhas. Eita vontade era de apertar aquela guriazinha, tamanha gostosura!

O bolo foi  o que roubou a cena da festa, com bolinhas brancas e no topo um conjunto mostrando a galinha e seus filhotes. Até a vela respeitou o tema proposto e tinha poás brancos! :)



Um dos pontos altos do aniversário foi o drink escolhido: o Aperol Spritz. Por ser de cor laranja ele combinou tanto com a decoração que acabou servido dentro da suqueira. Bastava o convidado botar gelo na sua taça e se servir! Ah, como os adultos gostaram disso! :)


A festa durou 8 horas com sanduíches maravilhosos, creme de moranga, risoto, docinhos e tudo que um aniversário de 1 ano merece!

Celebramos os primeiros 365 da Malu com amor, alegria e muita amizade! Olha o girl power feliz e reunido aí na foto, minha gente!


Espero que vocês tenham gostado! Eu amei a festa, a decoração e a criatividade desses pais que deixaram registrado na história um evento inesquecível!

Beijos,