30 abril 2018

Vem aí: Lego sustentável de cana-de-açúcar



A empresa que produz as clássicas pecinhas de LEGO vai lançar, ainda em 2018, uma coleção totalmente sustentável. É isso mesmo! Para quem não sabe: as atuais peças de montar da Lego consomem toneladas de plástico todos os anos, obtidas do petróleo, que é uma fonte não renovável. 


Por isso, a empresa com sede em Billund, na Dinamarca, anunciou a produção de todos as peças chamadas de "elementos botânicos' como árvores, arbustos e folhas em polietileno, o qual é obtido da cana-de-açúcar. É o conhecido "plástico verde", produzido pela empresa brasileira Braskem.

A proposta da empresa é diminuir o impacto ambiental, já que as novas peças serão feitas de polietileno, um plástico flexível e durável que, apesar de ser obtido da cana-de-açúcar, é tecnicamente idêntico aos produzidos usando plástico convencional. A Lego colocou como objetivo fazer com que todas as suas peças e embalagens sejam mais sustentáveis até 2030.

Afinal, os consumidores finais da empresa - geralmente - são crianças e adolescentes, e é pensando nelas e no planeta que a empresa assinou o compromisso. Bom, o primeiro passo foi dado! Que mais empresas que utilizam o plástico como matéria prima sigam o exemplo. Antes tarde, do que nunca!