23 fevereiro 2019

DIY: tiara de Carmen Miranda

Em 2015 eu já mostrava que é fácil, fácil fazer um adereço para o carnaval
Lá em 2015 eu usei essa fantasia no carnaval do Rio, e desde então, representar Carmen Miranda tem tudo a ver com as cores e o brilho do carnaval. Quer saber como fazer essa tiara linda e super econômica, olha aí o passo a passo ou dá uma clicada aqui no post original de 4 anos atrás.


15 fevereiro 2019

Hotéis do Mundo: Radisson Montevidéu

Eu definitivamente não gosto de repetir países dos quais já visitei. Mas ir pela segunda vez  à Montevidéu, no Uruguai, foi uma das melhores decisões que tive. É impossível não se apaixonar pelo lifestyle uruguaio: aquele povo tranquilo, caminhando com seu mates a tira colo, o perfume de lenha que se espalha pela cidade por conta das parrillas, as ruas limpas, o idioma lindo de se ouvir e se falar. Ahhh, yo tengo un corazon enamorado por el pampa... <3

Acreditem: esse céu não tem filtro! 
A minha história com o Uruguai começou lá em 2006, quando fui pela primeira vez, passar 3 dias na terra de alfajores e dulces de leche. Mas confesso que aquela passagem deixou muito a desejar, pois não consegui percorrer as ruas, sentar nos bares, entrar nos prédios históricos. Foi tudo tão rápido que deixou um gostinho de quero mais, e aí no finalzinho do ano passado, decidimos ir em família: mamãe, papai e bebê. Nossa, que viagem deliciosa. E que vontade de ficar por lá, de vez.

Mas o post de hoje não vai ser sobre os passeios, e sim, sobre a estadia. Confesso que ela ajudou e muito nessa experiência tão deliciosa. Escolhi o Radisson Victoria Plaza Montevideo por ficar na melhor localização da cidade, ou seja, no coração da capital. De frente para a Praça Independência, ao lado do centro histórico e cinco minutos a pé das ramblas. Fizemos quase todos os passeios caminhando com o bebê no carrinho e com os olhos cheios de encantamento e beleza.

Fiquei apaixonada com a vista do nosso quarto.
O hotel pertence a uma rede internacional e é considerado 5 estrelas. Situado num arranha céu, tem uma vista lindíssima no andar do café da manhã e os quartos também garantem uma experiência visual da cidade desde o amanhecer até a noite.

Padrão 5 estrelas de hospedagem principalmente para quem tem um bebê pequeno.
A hospedagem é completa: quarto enorme, cama idem, todos os aparatos para ter tranquilidade: frigobar, cafeteira, tv, wi-fi, ar condicionado, cadeira de leitura, ferro de passar, tábua, secador de cabelo e tudo que pedíamos, éramos prontamente atendidos: toda noite precisávamos de taças de vinho e abridor ou de toalhas extras por conta da piscina e do bebê.

Essa é vista do café da manhã: a cidade e o Rio da Prata
A área da piscina também é ótima para os dias quentes ou para um relaxante banho noturno antes de dormir. A hidromassagem também funciona com aquecimento e além disso o hotel possui cassino, academia e salão.


Outra característica deliciosa foi o drink de boas vindas: uma clássica bebida uruguaia, o medio y medio (mistura de espumante com vinho), o lounge bar atendia todos os nossos pedidos  (principalmente ao pedir água quente para o nosso mate) e assistir a final da Copa Libertadores ali foi ótimo. O hotel já estava todo preparado para o Natal e adivinhem quem é que adorou todos os enfeites?! O bebê!




Por falar nele, passamos uma única dificuldade: a entrada principal do Radisson não tinha acessibilidade, o elevador estava quebrado e dificilmente os funcionários nos ajudavam a descer ou subir com o carrinho. Esse foi único ponto contra. Os prós são muitos e tornaram a nossa viagem uma celebração de sentidos e prazeres!