30 abril 2019

Dica: Favo, a super bioembalagem

Diferentes alimentos podem ser protegidos com as bioembalagens da Favo.
Preciso falar de uma pequena mudança, mas que é a mais nova evolução na minha vida: os favinhos (eu chamo as minhas maravilhosas embalagens de tecido com cera de abelha assim, e já já vou explicar porquê tanto carinho)! 


Era início de fevereiro, as demandas da vida de mãe exigem muito mais do que a gente acha que vai ser, e cuidar da casa inteira e do bebê não tem sido fácil. Foi aí que eu descobri a FAVO. E fiquei tremendamente surpresa com esse produto que é uma alternativa sustentável aos plásticos de cozinha. Lá se vão três meses utilizando as bioembalagens: eu coloco pra proteger as frutas, verduras, queijos, bolos, uma infinidade de alimentos que antes precisavam de saquinhos plásticos ou plástico filme para terem uma sobrevida dentro ou fora da geladeira. Agora, ráááá, os alimentos duram mais tempo e sem o uso descabido de plástico! Além de toda a praticidade de usar as bioembalagens: não precisa de tesoura, nem de pregadores, nada, a cera da abelha adere perfeitamente aos alimentos e potes. 

Os morangos passaram a durar muito mais tempo na geladeira 
Mas aí vocês me perguntam: tecido com cera de abelha?! É isso mesmo! Um produto totalmente natural, feito com algodão orgânico, sem agredir o meio ambiente, reutilizável, lavável, lixo zero e detalhe: é tudo feito com matéria prima nacional e natural! 

Primeiro, a gente tem é que agradecer as abelhas, afinal sem elas, não haveria cera e muito menos todos esses alimentos nas nossas mesas... Afinal, são as abelhas, as maiores polinizadoras de culturas alimentares do planeta terra! Sem elas não haveria frutos silvestres, tomates, abacates, couves, maçãs, amêndoas, laranjas entre muitos outros alimentos. E, em segundo lugar, um salve a turma da Favo, que acreditou numa ideia linda, sustentável, que protege o planeta e de quebra, muda as nossas vidas para melhor! Definitivamente, a (r)evolução começa na cozinha! :)